Filie-se

PRF em Ação

PRF em Ação (195)

Segmentos e Temas:

Agentes Federais da PRF em Mato Grosso recuperam 5 veículos em um final de semana

Agentes Federais da PRF em Mato Grosso recuperam 5 veículos em um final de semana (0)

O final de semana foi agitado para a PRF em Mato Grosso, com excelentes ações das equipes no estado, resultando na recuperação de 5 veículos.  

Na sexta-feira (09) em Pontes e Lacerda/MT, por volta das 19 horas, a equipe da PRF abordou uma caminhonete Chevrolet/S10 Ltz, e logo percebeu que a placa ostentada retornava a um veículo diferente.

O condutor, homem de 23 anos, quando desceu do veículo, demonstrou atitudes evasivas, não atendendo às ordens dos policiais e apresentando movimentação em direção ao matagal que margeava a rodovia, atitude essa que aumentava ainda mais as suspeitas em relação ao ilícito.

Após análise, foi possível identificar a verdadeira placa da caminhonete, que possuía queixa de roubo na cidade de Várzea Grande/MT.

Poucos minutos depois de realizar a prisão do condutor da Chevrolet/S10 Ltz, outro veículo, um Ford/F4000 G, cor branca, parou à aproximadamente 50 metros da equipe, momento em que 2 elementos que ocupavam a F4000 abandonaram o veículo e se evadiram para o matagal. A equipe realizou buscas na região, mas eles não foram localizados. Em verificação dos elementos identificadores, foi possível constatar que o veículo possuía registro de ocorrência de furto em Várzea Grande/MT.

Em Rondonópolis/MT no Domingo (11), por volta das 15 hs, um veículo Fiat/Pálio, conduzido por uma mulher de 28 anos, foi abordado e já na sequência a equipe identificou indícios de adulteração, em análise, foi possível identificar que se tratava de um carro com ocorrência de Roubo/Furto, no município de Goiânia/GO, em 2009.

A condutora alegou que comprou o veículo há uma semana de seu ex-cunhado em Rondonópolis/MT e desconhecia tal fato.

Já em Primavera do Leste/MT, no domingo (11), por volta das 13 hs,  a  equipe foi acionada pela Polícia Militar sobre um acidente no km 157 da BR 070, no município de General Carneiro/MT. Um usuário da via teria relatado aos PMs, que o condutor do veículo acidentado (uma caminhonete S10 branca teria capotado no km 157) recusou atendimento e se desesperou quando foi informado que a PRF havia sido acionada, o que levantou a suspeita de alguma atividade ilícita dos envolvidos. O usuário relatou ainda aos PMs que um segundo veículo, FIAT/Toro, cor branca, teria dado carona ao condutor do veículo acidentado, com destino a Primavera do Leste/MT.

Os PRFs que se deslocavam para verificar o acidente interceptaram o veículo FIAT/Toro no km 267 da BR 070. A caminhonete era conduzida por um homem de 29 anos, que relatou aos policiais que foi realizar serviços elétricos na cidade de Barra do Garças/MT e que estava retornado com o veículo de um amigo para a cidade de Cuiabá/MT, ele apresentou nervosismo, e contava diversas versões diferentes sobre o motivo de ter ido a cidade de Barra do Garças/MT e sobre a propriedade do veículo, diante das contradições dele, a equipe realizou uma primeira identificação veicular no local que já encontrou diversos indícios de adulteração do veicular.

O referido condutor admitiu posteriormente que se tratava de um veículo adulterado e que receberia certa quantia para realizar o transporte do veículo da cidade de Barra do Garças/MT até Cuiabá/MT, também disse que o condutor do veículo S10, que se acidentou, estaria próximo a uma lanchonete que fica no km 256 da BR 070;  ao chegar no local procurando o condutor, um indivíduo (homem de 29 anos)  ao ver a equipe PRF correu em direção a uma parte lindeira da rodovia com vegetação elevada, ficando lá deitado em silêncio, tentando ficar escondido, porém os policiais o encontraram.

Esse condutor também admitiu que receberia certa quantia para realizar o transporte da S10 da cidade de Barra do Garças/MT até o município de Cuiabá/MT.

Todas as ocorrências foram encaminhadas para a Polícia Judiciária de suas respectivas cidades.

 

Fonte: SECOM-PRF/MT

Ver itens ...

 

Homicídios dolosos (quando há intenção de matar) tiveram aumento em 9 das 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) de Mato Grosso no comparativo entre janeiro e julho de 2021 e 2022. A guerra entre facções e a disputa por território no tráfico de entorpecentes está entre as principais motivações. Já o efetivo reduzido da Polícia Judiciária Civil nas regiões mais violentas dificulta a investigação e a efetiva punição dos autores pela Justiça.

 

Um dia após ter sido sancionada, a Lei Estadual nº 11.840, de 25 de julho de 2022, que flexibiliza a concessão do porte de arma de fogo para atirador desportivo e integrantes de entidades desportivas, já é alvo de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI).

 

A nova carteira de identidade — chamada de Carteira de Identidade Nacional (CIN) — começa a ser emitida a partir desta terça-feira (26/7). O novo documento, único e válido em todo o Brasil, irá dispensar o RG e apenas o CPF será considerado como registro geral. As primeiras carteiras serão emitidas no Rio Grande do Sul e depois no Acre, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais e Paraná, sem previsão nos demais estados.

 

A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou 18 mortes durante a operação, realizada nesta quinta-feira, 18, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo a corporação, deste total, 16 são suspeitos de crimes. As outras vítimas são um policial militar e uma moradora. 

A ação tinha como objetivo prender integrantes de uma organização criminosa responsável por roubos de veículos, cargas e combustíveis na Capital e na Baixada. De acordo com a PM, o grupo também roubava agências bancárias no interior do estado.

Durante todo o dia, foram registrados intensos tiroteios no Complexo. Os moradores usaram as redes sociais para compartilhar as cenas de violência e terror, que foram associadas a uma guerra. Vídeos exibem rajadas de tiros contra um helicóptero da polícia que sobrevoava a região. Também há imagens de blindados andando pelas ruas da comunidade. 
Moradores registram troca de tiros no Complexo do Alemão:
 
A operação, que deixou 18 mortos, resultou na apreensão de um fuzil metralhador .50, que foi utilizado para tentar derrubar as aeronaves durante a operação, além de outros quatro fuzis, duas pistolas e 56 artefatos explosivos, que, segundo as autoridades, seriam utilizados contra as equipes. Também foram apreendidas 43 motocicletas que seriam utilizadas para desmobilizar os policiais e facilitar a fuga de criminosos.
  
Cinco suspeitos foram presos, dentre eles, um homem apelidado de Esquilo, do Pará, conhecido por realizar ataques armados contra policiais. Ele foi detido ao dar entrada no Hospital Getúlio Vargas com documentos falsos.
 
400 policiais participaram de operação no Alemão
400 policiais participaram de operação no Alemão
Foto: Ricardo Moraes/Reuters / BBC News Brasil

Ainda conforme a PM, nas comunidades Fazendinha e Nova Brasília, as bases das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) locais foram atacadas por criminosos, que também derramaram óleo em via pública e atearam fogo em objetos.

Era da UPP Nova Brasília, inclusive, o policial morto na operação. O cabo Bruno de Paula Costa estava trabalhando quando foi ferido. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos.

A ação foi realizada em conjunto com as secretarias de Estado de Polícia Militar e de Polícia Civil, e contou com a participação de equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), do 3º BPM (Méier), do 41º BPM (Irajá) e de outros batalhões do 2º Comando de Policiamento de Área (Zonas Norte e Oeste da cidade do Rio de Janeiro). 

Fonte: Redação Terra

 

O militante bolsonarista Jorge Guaranho virou réu por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e perigo comum pelo assassinato do tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) e guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda. A vítima foi morta a tiros em sua festa de aniversário. 

 

Uma auditoria interna do governo, realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU), sobre a atuação de militares em cargos públicos aponta indícios de irregularidades em pagamentos e ocupações de 2.327 militares e seus pensionistas. Segundo a investigação, há problemas como acúmulo de funções simultâneas por militares da ativa e recebimento dobrado de salários e benefícios que extrapolam o teto constitucional.

 

Enquanto parlamentares pretendem ampliar benefícios na Proposta de Emenda Constitucional 1/2022, chamada de PEC Kamikaze pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, o chefe da equipe econômica faz voto de silêncio. Ele evita contrariar a estratégia do Planalto, que pretende dar uma cartada decisiva na corrida eleitoral.

 

O número de armas de fogo registradas no sistema da Polícia Federal em Mato Grosso cresceu 162,2%, entre os anos de 2017 em 2021, conforme dados do 16º Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2022, divulgados na terça-feira (28).

 

O Governo do Estado regulamentou a aplicação da Lei nº 11.078/2020, que dispõe sobre o pagamento de recompensa por informações que auxiliem os órgãos de segurança estaduais nas investigações criminais no âmbito da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT).

 

Imagens divulgadas pelo programa policial "Cadeia Neles", da TV Vila Real (Record), mostram o exato momento em que o vereador Marco Paccola (Republicanos) faz disparos contra o agente Alexandre Myagawa, do Sistema Socioeducativo.

Página 1 de 14

Facebook

Localização

Contato

SINPRFMT
Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado Mato Grosso
Rua Major Gama, 921 
Centro Sul
Cuiabá - Mato Grosso
Cep. 78.020-170
Telefone: (65) 3025-4560
WhatsApp: (65) 99953-7349

E-mail: 
secretaria@sinprfmt.com.br